Ator de “Roma” tem visto negado para viajar à cerimônia do Oscar

O governo dos Estados Unidos negou o visto de viagem ao ator mexicano Jorge Antonio Guerrero, que interpreta o personagem de Fermín no longa-metragem “Roma” e que pretende comparecer à cerimonia do Oscar no dia 24 de fevereiro, disse o ator à Agência Efe nesta quinta-feira.

Guerrero explicou que ainda não sabe se poderá comparecer ao evento, no qual “Roma” está indicado em dez categorias. “Logo descobriremos”, afirmou.

Conforme antecipou a revista “Quién”, as autoridades de migração americanas negaram o visto a Guerrero apesar de o ator ter um convite da Netflix, produtora de “Roma“.

Segundo revelou o ator, os funcionários da embaixada dos EUA no México não quiseram ler a carta e, após a reunião pessoal regulamentar, teve a permissão de viagem negada.

Esta não é a primeira vez que Guerrero tem problemas para viajar aos EUA. No início de 2018, o ator também não conseguiu tirar o visto de turista.

Jorge Antonio Guerrero ganhou grande popularidade no ano passado ao participar da série de TV sobre o cantor mexicano Luis Miguel e do filme “Roma“, de Alfonso Cuarón.

Roma“, um filme autobiográfico de Cuarón sobre o México da década de 1970, se tornou o primeiro longa-metragem em espanhol a conseguir a indicação para a categoria de melhor filme no Oscar.

O longa de Cuarón está indicada às categorias de melhor filme, melhor direção, melhor atriz, melhor atriz coadjuvante, melhor filme estrangeiro, melhor fotografia, melhor roteiro original, melhor direção de arte, melhor edição de som e melhor mixagem de som.

About Jornal Brasileiras & Brasileiros