Vacinar ou não?

Após 1 ano de pandemia da COVID-19, com milhões de mortos no mundo, ainda se discute a eficácia das vacinas que foram desenvolvidas por cientistas em tempo recorde.
A OMS garante que as vacinas são eficazes contra o virus. Além de protegerem o organismo evitando a forma mais agressiva da doença; ajuda a população controlando o contágio que ocorre naturalmente nas grandes cidades. Ainda assim, muitos países e alguns governantes usam o vírus como plataforma ideológica e transmitem informações distorcidas confundindo a população. Um desses países é o Brasil, que registra o mês de Março de 2021 como o pico de uma pandemia histórica, com já matou mais de 300 mil brasileiros. Entrevistamos médicos e cidadãos comuns para saber o que pensam sobre o assunto: VACINAR OU NÃO?

É a nossa salvação!

Kelly Ramirez Entusiasmada com o ritmo de vacinação nos Estados Unidos, a Kelly Ramirez, que mora em Orlando e trabalha num escritório de remessas, espera a sua vez, ansiosa. “A vacinação é nossa salvação. É o que poderá pôr fim à pandemia” – diz ela, que pretende também vacinar a filha […]

Por que não se vacinar?

Anna Alves-Lazaro Inicialmente, se faz necessário deixar registrado que reconheço a importância histórica, social, especialmente na saúde pública das vacinas. Eu, meus pais, irmãos, filhos e netos recebemos todas as vacinas em conformidade com as regras de saúde pública e ainda as não exigidas por lei, mas disponíveis no mercado […]

Brasil, celeiro de variantes do Covid-19

Roberto Rodrigues Junior A Organização Mundial de Saúde aponta o Brasil como um possível celeiro de novas variantes do coronavírus, depois da cepa que surgiu no Amazonas. Muito mais contagiosa, causou uma explosão de casos no país. Para o pneumologista Roberto Rodrigues Júnior, a preocupação é legítima: “Quanto maior o […]

Vacinar ou não?

Luciana Bistane Um ano depois da Organização Mundial de Saúde declarar situação de pandemia, ainda batemos na mesma tecla: um inimigo invisível nos ronda, ceifa vidas, nos assusta e mantém a nossa rotina de cabeça para baixo. Quando os casos começaram a cair, pela primeira vez e o controle parecia […]