Depois da Quarentena

Em pleno curso da pandemia do coronavírus, não tínhamos outra alternativa se não tratar deste assunto. A medida de isolamento adotada pela maioria dos países fez a população ter que conviver com uma nova realidade. É uma crise considerada mais grave desde o fim da Segunda Guerra Mundial. 

Após 45 dias de reclusão, fica claro que países que adotaram esta medida apresentam um resultado melhor no controle da superlotação dos hospitais, evitando um colapso no sistema de saúde. Países que subestimaram a potência do vírus e retardaram o isolamento de suas populações estão pagando muito caro, exemplos: Itália, Espanha, Inglaterra e Estados Unidos. Também se destacam nesta lista, governantes que confundiram seus habitantes através de informações imprecisas, exemplos Brasil e EUA. 

Alguns países europeus já sinalizam o afrouxamento do isolamento a partir do início de maio. Mas, oficialmente, apenas a Dinamarca já começava a liberar seus cidadãos ao retorno ao trabalho, até o fechamento desta edição.

A quarentena tem provocado uma onda de manifestações nas redes sociais a nível mundial. Nunca os aplicativos de mensagem e vídeo conferência foram tão usados para abrandar a solidão e para se discutir assuntos de suma importância como saúde, política, religião, emprego, finanças, relacionamentos, etc. 

O Jornal B&B fez uma enquete com membros da comunidade  imigrante para saber como estão se virando durante a quarentena.Como administram o tempo; como lidam com a separação de entes queridos; como se informam, suas incertezas, seus medos e como pretendem sair da crise. 

Dê uma conferida. 

Boa Leitura!

About Jornal Brasileiras & Brasileiros