Embraer revela detalhes de aeronave impulsionada com energia elétrica

A Embraer está trabalhando na produção de uma aeronave que funcionará completamente com energia elétrica, em seu mais recente projeto e com o qual procura contribuir com uma solução para o sistema de transporte no país.

Semelhante a um helicóptero, a aeronave eVTOL realizará decolagens e aterrissagens de forma vertical e sua função será a de prestar um serviço de transporte de passageiros em um entorno urbano, baseado na segurança, na acessibilidade econômica e na baixa emissão de barulho.

Marcos Resende, diretor de negócios de Atech, a filial da Embraer responsável pelo desenvolvimento do sistema de controle do veículo, apresentou o projeto durante a Exposição Latino-Americana de Espaço e Defesa (LAAD, na sigla em inglês), a maior feira do setor na região, que aconteceu no Rio de Janeiro.

A aeronave foi apresentada como uma solução para a mobilidade urbana, que no futuro poderá ajudar no trânsito das metrópoles.

Embora a aeronave ainda esteja na fase de protótipos, “pode impactar e gerar demanda de médio e longo prazo no relativo com o tráfego urbano”, destacou Resende em entrevista coletiva.

“A fase do projeto é muito inicial ainda, estamos desenvolvendo conceitos e soluções que serão aplicados ao sistema dessas aeronaves”, acrescentou.

Os aviões elétricos são apresentados como o futuro da aviação no mundo e como uma forma de reduzir os altos índices de poluição deixados pelos combustíveis.

Empresas como Boeing, Airbus e Siemens já manifestaram seu interesse em “dar o salto” aos aviões elétricos e na Eslovênia a companhia Pipistrel já construiu uma aeronave elétrica que foi adquirida pela Noruega, país com tradição de energia limpa. Segundo Resende, aviões deste tipo já estão voando em alguns países, mas antes que isso possa acontecer no Brasil é necessário desenvolver para a futura aeronave “sistemas de controle e toda a parte de segurança”.

About Jornal Brasileiras & Brasileiros