“Nunca pare de aprender pois a vida nunca para de ensinar”

Bernard Vasconcelos

Eu tenho um peixe chamado AJ que vive a vida em quarentena dentro do seu aquário. Os dias passam e ele não faz praticamente nada. Quando essa quarentena do Coronavírus terminar, eu não quero olhar para trás e lamentar que passei esse período histórico como um peixe dentro do aquário.

Uma pandemia que fecha o comércio e deixa milhões de pessoas em quarentena não acontece todo dia. É lamentável estarmos vivendo esse momento, entretanto, eu, minha esposa e nossos dois filhos (de 10 e 7 anos) estamos tentando aproveitar da melhor forma possível.

Falando do lado pessoal, é muito ruim se isolar de amigos e deixar de fazer tantas coisas que gostamos por semanas ou meses. Por outro lado, aqui em casa estamos passando mais tempo juntos em família e nos reinventando dentro da nova realidade. O ser humano é um animal que se adapta às mudanças. Apreender é uma característica vital da nossa espécie e durante esse período, a nossa família está aprendendo muito. As crianças agora estão participando das tarefas cotidianas como lavar roupa, arrumar a casa, lavar a louça, cuidar do jardim, cozinhar, etc. Estou fazendo alguns cursos online no Master Class e tenho feito aulas de piano através de um app e agora a minha filha também vai começar a fazer aulas de violão online. Minha esposa tem pintado, desenhado e participado de encontros online da igreja e meus filhos estão fazendo aulas da escola à distância, aulas particulares de português online e aprendendo novas tecnologias. Nós quatro nos adaptamos bem e estamos aproveitando essa quarentena para aprender e continuar vivendo. 

No que se refere ao lado profissional, tem sido uma adaptação difícil, pois tenho uma responsabilidade muito grande com 20 funcionários e mais de 200 alunos na Liberty Language Academy. Nosso curso de inglês, que atende alunos internacionais com o visto de estudante, estava em recesso (Spring Break) e o nosso diretor se encontrava fora do país de férias quando a crise do CONVID-19 se agravou aqui nos EUA. Resolvemos estender o nosso recesso por uma semana para podermos rapidamente adaptar o nosso curso e metodologia à uma plataforma online, treinar professores e disponibilizar o programa aos alunos. Tem sido muito estressante e complexo, mas estamos conseguindo progredir. Adaptar à tecnologia, vencer os problemas técnicos e crescer dentro da nova realidade é o que os nossos alunos, professores e equipe administrativa tem enfrentado durante esse período. Estou muito orgulhoso pelo desempenho de todos.

A vida das pessoas temporariamente mudou, eu  passo horas trabalhando em home office, me comunicando através do whatsapp, email, Google Meet, Zoom e nas redes sociais. Ao invés de jogar basquete com amigos tenho corrido todos os dias com meus filhos, temos assistido muitas séries e filmes na TV, estamos todos fazendo cursos online, envolvidos nas tarefas de casa e cuidando dos nossos animais de estimação (gatos, cachorro e peixe).

Encaro essa realidade de forma proativa e positiva, pensando como posso crescer e sair mais forte desta crise e como posso tirar proveito do tempo na quarentena para aprender e inovar. A vida é única e finita. Guerras, epidemias, crises e desastres naturais vão continuar acontecendo, temos que enfrentar cada problema e aproveitar a vida. No final, quando tudo isto acabar, quero que minha família esteja saudável, forte e mais inteligente, é o que também desejo a todas as famílias.

 

Bernard Vasconcelos veio para Orlando com 7 anos, em 1991, onde morou por 11 anos. É formado em arquitetura, com MBA pela FGV e Mestrado em Educação pela Universidade de Londres.
Trabalhou na Universidade Estácio de Sá e no curso de inglês Britannia no Rio de Janeiro por 8 anos.
Retornou a Orlando para empreender em 2016, quando fundou o curso de Inglês Liberty Language Academy, de qual hoje é proprietário e CEO.
bernard@libertylanguageacademy.com