Prateleiras Arrumadas

Yes Brasil

Antever o perfil do turista que deve chegar a Orlando a partir de novembro é fundamental para que a loja de produtos Yes Brasil, localizada na International Drive, e cuja clientela é composta por 90% de pessoas que visitam a cidade, consiga maximizar seu volume de negócios. 

Uma das decisões cruciais a ser tomada diz respeito à composição do mix de produtos da loja, para que esta oferta esteja o mais aderente possível ao perfil desse novo turista. 

“Acredito que, com as dificuldades econômicas vividas hoje no Brasil e com a forte desvalorização do real ao longo dos últimos anos, não veremos mais tantos turistas das classes C e D, e lidaremos quase que exclusivamente com um público com alto poder aquisitivo, que não vê problemas em pagar mais de mil dólares em um modelo recente de óculos da Gucci”, analisa o gestor Christian Moraes.

Christian conta que sempre foi um consumidor voraz de notícias, mas que, com a pandemia, se viu obrigado a ampliar consideravelmente o volume de veículos consultados.

“Sem exagero, procuro ler diariamente quase duas dezenas de jornais entre americanos e brasileiros, assisto ao noticiário no rádio e na televisão, busco sites de confiança para obter informações e conseguir tomar as decisões que possam impactar favoravelmente os nossos negócios”, conta o gestor.  

De fato, a definição do mix de produtos é apenas uma das decisões que são tomadas quase que diariamente na gestão da loja, que ficou fechada por 16 meses e foi reaberta ao público em julho de 2021. 

“Desde o início a gente vinha acompanhando a cobertura da pandemia. Mas quando, em março de 2020, soube que a Disney iria fechar, foi que me ative o quão profundamente a crise atingiria os nossos negócios”, relembra.

Christian reputa a correção das decisões tomadas até então à estrutura montada ao longo dos 32 anos da Yes Brasil no mercado. “Uma das coisas que optamos foi por não fazer um saldão do nosso estoque. Vi que muitas lojas fizeram essa escolha, mas sabíamos que uma hora a pandemia iria acabar e não poderíamos abrir as portas com as prateleiras vazias”.   

O gestor conta que os novos turistas que visitarem a Yes Brasil encontrarão agora basicamente dois tipos de produtos: os que tinham sido adquiridos pouco antes do fechamento das portas e os novos lançamentos.

“Nosso estoque vai atender o turista que já tinha a viagem contratada, mas que vem com um perfil de consumo mais racional, por conta da crise econômica e do câmbio. Já os novos lançamentos chegarão com preços consideravelmente mais elevados. Esses atenderão ao turista de alto poder aquisitivo, que não tem vindo a Orlando porque não queria fazer quarentena”, conclui Christian.

About Jornal Brasileiras & Brasileiros