RIR COMO QUALQUER CRIANÇA – por Marcio Alves

Marcio Alves

Um momento de alegria por si só pode não levar a uma felicidade duradoura, mas pode ajudar. Emoções positivas tendem a nos tornar mais abertos, o que nos ajuda a pensar de forma mais criativa e produtiva.

Quando eu começo um trabalho de bom humor, trabalho mais e tenho mais tempo para passar com as pessoas que amo e mais resiliência para lidar com os choques da vida. Quando as pessoas riem de barulhos de suspeitos, isto pode não contribuir na sua vida de maneira significativa mas, uma trégua de riso e bobagem pode nos fazer muito bem.

Há evidências de que o humor também ajuda fisicamente o corpo a lidar com tempos difíceis. O estresse é uma reação de curto prazo que nos dá uma explosão de adrenalina e pressão alta para atravessar um breve cenário – não é para durar meses a fio.

Momentos de riso e alegria liberam uma centelha de dopamina em todo o corpo, que age para restaurar o sistema cardiovascular após o estresse prolongado que podemos sentir durante uma pandemia global. Alguns estudos até descobriram que as pessoas que riem todos os dias são menos propensas a sofrer um derrame do que aquelas que riem pouco. Embora a alegria não seja um substituto para lidar com traumas, rir de vez em quando não faz mal nenhum. Em vez disto…

♣ O riso aumenta a freqüência cardio-respiratória e o consumo de oxigênio.

♣ Reduz a inflamação das artérias e aumenta a produção de HDL, ou colesterol “bom”.

♣ Um estudo na Noruega descobriu que pessoas com um forte senso de humor sobreviveram àquelas que não riem tanto.

♣ Fortalece a resiliência.

♣ Ajuda a esquecer ressentimentos, julgamentos, críticas e dúvidas.

♣ Se você não cresceu em uma casa onde o riso era um som comum, você pode aprender a rir em qualquer estágio da vida.

♣ Reduz o estresse, fortalece as conexões sociais e a liberação de endorfinas químicas que trazem bem-estar.