“Temos que pensar nos efeitos psicológicos gerados pelo período de quarentena pela pandemia”

Só levar à escola se estiver 100%

Escolhi aula presencial para meus filhos porque acho importante as crianças irem à escola, ter contato com os colegas, com a professora, uma pessoa que estudou e se dedica a ensinar ao lado deles. A criança indo à escola aprende a viver em comunidade, a conviver com outras pessoas diferentes dela. Trocam experiências culturais e praticam atividades apropriadas para a idade. O aprendizado também é melhor do que em casa ao lado dos país. Na escola fazem novas amizades e se distraem durante o dia. Temos que pensar nos efeitos psicológicos gerados pelo período de quarentena provocado pela epidemia. O estresse gerado pelo distanciamento social é bastante significativo e pode gerar impactos emocionais tanto aos alunos quanto aos profissionais. A minha profissão não permite que eu trabalhe de casa, então não posso estar ao lado dos filhos o tempo todo com a tarefa de ensinar o que a escola oferece. 

Precisamos dar mais atenção no comprometimento com a segurança. Não mandar a criança para escola quando ela apresentar algum sintoma da doença, evitando assim o contágio com professores e alunos. Se o seu filho não estiver com a saúde 100%, ele deve permanecer em casa.

Por enquanto o resultado é satisfatório

Por enquanto o resultado está ótimo. Eles estão amando ir à escola e interagir com amigos e professoras. A escola sempre tem atividades divertidas para ensinar de um jeito diferente que as crianças amam. O meu filho mais velho começou uma escola nova (Middle School) e está adorando a experiência: aprende a ter mais responsabilidade e liberdade; já não é mais tratado como uma criança. Os meus dois filhos do meio continuam na mesma escola (Elementary). Estão felizes por encontrar os mesmos amiguinhos e professoras do ano passado. Minha caçula começou agora o Daycare e está no processo de adptação. Está amando brincar com os amiguinhos e fazer trabalhos artezanais. Pelo aprendizado dela, dá pra notar que está gostando e está super interessada.

A internet é o grande desafio

Não sei quais alternativas poderiam ser implementadas para melhorar a área da Educação à distância após pandemia. O mundo está se transformando rapidamente em todos os aspectos da sociedade. O impacto que as mudanças tecnológicas causam no processo de ensino-aprendizagem impõe aos educadores uma reavaliação do currículo para acompanhar as transformações do mundo moderno.


Rafael, Alexandre, Fernando e Gabriella

Daniela Salvetti De Cicco nasceu em Campinas, SP. Mudou-se com os pais, Celestino e Lucia, e com o irmão, Celestino Jr. para os USA, com 10 anos de idade. Vive em Orlando com quatro filhos: Alexandre, 11; Fernando, 10; Rafael, 6 e Gabriella, 3 anos. Tem um parceiro ao seu lado, Bruno Oliveira, pai do Ben, 1 ano.Tem quatro filhos “peludos”: Golden (Charlie), Westie (Buddy), Cocker (Bella) e Shih Tzu (Belle).Trabalha no ramo imobiliário na empresa da família Cf Realty e Cf Vacations.

About Jornal Brasileiras & Brasileiros