VAI VIAJAR PARA A FLÓRIDA?

INFORMAÇÕES QUE TORNAM A SUA VIAGEM MAIS SEGURA

 

FLÓRIDA 

A Flórida foi descoberta pelo espanhol Ponce de León, em 1513. É também conhecida como o Estado do Sol, “Sunshine State”, localizado no extremo sudeste dos EUA.

É uma península banhada a leste pelo Oceano Atlântico e a oeste pelo Golfo do México. Ao norte, faz fronteira com o estado da Georgia; a noroeste, com o estado do Alabama e ao sul, está distante 140 km das ilhas do Caribe. O estado da Flórida tem um total de 412 municípios. Para uma melhor referência, dividimos o estado em três regiões:

Sul: Miami, Miami Beach, Coral Gables, Coconut Grove, Aventura, Weston, Key Biscayne, Ft. Lauderdale, Boca Raton, Palm Beach, Key West etc.

Norte: Tallahassee (capital do Estado), St. Augustine (cidade mais antiga dos EUA); Jacksonville, Pensacola, Panama City, Gainesville, Ocala, Silver Springs etc.

Central: Orlando, Kissimmee, Windermere, Winter Park, Winter Garden, Longwood, Altamonte Springs, Clermont, Davenport, Lakeland, Haines City, Tampa, St. Petersburg, Clearwater, Sarasota, Cape Canaveral, Cocoa Beach, Melbourne, Titusville, Daytona Beach, etc.


ORLANDO

A cidade de Orlando nasceu em 1837, de um povoado, ao redor de um quartel do exército. Tradicionalmente, uma região agrícola, rica na cultura de laranja, por isso o município recebeu o nome de “Orange County”. Orlando e municípios vizinhos apresentaram um rápido crescimento com o surgimento de inúmeras atrações turísticas que seguiram o pioneirismo de Walt Disney, a partir da década de 1970. Atualmente, é considerada a primeira cidade turística do mundo, em atrações e parques.

O clima é quente e úmido. A temperatura pode alcançar 40ºC no verão (junho/julho/agosto) e 10º C no inverno (dezembro/janeiro/fevereiro), com média anual de 26ºC.

A cidade possui um confortável ginásio esportivo, chamado Amway Arena, localizado no “downtown” de Orlando. Ali, pode-se assistir a uma partida de “hockey” no gelo, no inverno, uma apresentação do time de basquete, o “Orlando Magic”, ou shows musicais.

Orlando oferece excelentes vias de acesso, bem sinalizadas, que facilitam o acesso dos turistas aos hotéis, parques, atrações, centros de compras e restaurantes. Dirigir em Orlando é um privilégio que possibilita a locomoção dos turistas com total liberdade e segurança. Planejar um roteiro prévio, seguir o GPS ou mapas podem garantir uma viagem livre de problemas e repleta de prazeres.


MOEDA

Dólar americano (US$)

Notas: as mais comuns são as de 1, 5, 10, 20, 50 e 100 dólares. Normalmente, quando se paga com nota acima de US$ 20, o receptor pode verificar se a nota é falsa. Isso é um procedimento normal, porque os americanos não têm o hábito de usar notas de valores altos.

Moedas: As mais usadas são as de 25 centavos “cents” (quarter), 10 (dime), 5 (nickel) e 1 (penny). Raramente, encontra-se moedas de 50 centavos e 1 dólar. Tente sempre ter as moedas de 5, 10 e 25 cents para pedágios, máquinas de refrigerantes, telefones, jornais e selos.


GORJETAS

Não se esqueça das gorjetas. É comum o americano receber os ”Tips” no final de cada serviço prestado. Quando se está em grupo turístico ou com mais de 5 pessoas à mesa, geralmente, as gorjetas já estão incluídas no pacote ou na conta.

As mais comuns são:

Barbeiro, cabeleireiro, manicure: 15%

Camareira: US$ 1.00 por dia.

Carregador de mala: US$1.00 por mala.

Garçom: 15%, 18% ou 20% do valor da conta.

Motorista de taxi: 15% do valor da corrida

(geralmente o motorista inclui US$ 1,00 por mala na tarifa).

Imposto: nos Estados Unidos, o imposto de venda “sale tax” não está incluído no preço da mercadoria, conta do restaurante ou ingressos de parques. Conforme o local, o imposto é mais alto: Orlando: + 6.5%; Kissimmee: + 7% e Miami: + 6,5%, apenas como exemplos.


MEDIDAS

1 milha “mile” = 1,6 quilômetros

1 jarda “yard” = 0,91 metro

1 pé “foot” = 30,48 centímetros

1 polegada “inch” = 2,54 centímetros


TEMPERATURA

Os americanos usam a escala Fahrenheit.

Para a conversão em grau Centígrado, use a fórmula: °C =°Fahrenheit (- 32) x 5 dividido por 9


VOLUME E PESO

1 galão “gallon” = 3,8 litros

1 colher/sopa “tablespoon” = 15 mililitros

1 libra “pound” = 453 gramas

1 onça “ounce” = 28,35 gramas

 


DICAS

– Gasolina “self-service”: a maioria das bombas tem funcionamento automático, via cartão de crédito. Neste caso, siga as instruções na própria bomba (pump). Estacione o carro com o lado do tanque próximo à bomba. Na loja de conveniência, você efetua o pagamento e informa o número da bomba (pump) próximo ao seu veículo. (Ex..: “Please, ten (10) dollars on pump number four (4)”.) Após o pagamento, peça o recibo e retorne à bomba para efetuar o abastecimento. A máquina irá desligar automaticamente. 

– Estacionamento de paraplégicos: esta infração é punida com uma das multas mais altas da Flórida. $250

– Polícia de trânsito: quando o carro for seguido pela polícia indicando sinal de parada, com luz ou sirene, pare lentamente o carro no acostamento, mantenha as mãos no volante, e só desça do veículo se o policial solicitar. Siga as orientações com respeito e cuidado.

– Fuso horário: no verão, Orlando e Miami seguem o horário da costa leste americana, com 1 hora atrás do horário de Brasília; no inverno, a diferença passa a ser de 3 horas atrás.

Bebidas alcoólicas: proibido para menores de 21 anos.

– Beber e dirigir: dirigir com teor alcoólico acima do limite permitido, o policial poderá exigir o teste do “bafômetro”. Em caso de resultado positivo, o motorista poderá ser preso.

– Excesso de velocidade: siga atentamente as placas de velocidade nas cidades e rodovias. As multas variam de acordo com o excesso acima do limite e do local da infração.

– Incêndio: a violação de alarmes acarreta multa de $1,000.

– Corrente elétrica: 110 /115 volts, 60 ciclos.

– Água: a água da torneira é potável em todo o país.


SEGURANÇA

– Hotel: deixe os objetos de valor no cofre do hotel “safe box” (dinheiro, jóias etc.); sempre que estiver no quarto, tranque a porta com os trincos adicionais e nunca atenda à porta sem que antes a visita tenha sido anunciada pelo telefone.

– Piscina: geralmente, não há salva-vidas e não é permitido o mergulho de cabeça “no diving”.

– Carro: não deixe suas compras expostas no carro, guarde-as no porta-malas e mantenha os vidros fechados. Minivans são mais vulneráveis pois mostram os volumes no seu interior.

– Documentos: ande sempre com o passaporte e, se estiver dirigindo, também com a carteira de habilitação do Brasil e os documentos da locadora de autos.

– Precaução: apesar de Orlando ser uma cidade segura, evite andar sozinho, distante dos pontos turísticos, à noite, parecendo turista, exibindo câmaras, dinheiro vivo, passaporte etc. Siga as medidas e garanta o prazer de uma boa viagem.


CONVERSÃO PARA VESTUÁRIO

Roupa Feminina – Brasil 40 42 44 46 48 50 – USA 6 8 10 12 14 16

– Sapato Feminino – Brasil 34 35 36 37 38 39 40 – USA 51/2 6 61/2 71/2 8 81/2 9

– Sapato Masculino -Brasil 37 38 39 40 41 42 43 44 – USA 61/2 7 81/2 9 91/2 101/2 111/2 12

– Camiseta Masculina – Brasil P M G GG – USA S M L XL


TELEFONE

Se você não estiver viajando com seu smartphone, não vai poder desfrutar dos aplicativos grátis.  

Como fazer ligações do hotel: o telefone do seu quarto poderá ser desbloqueado, mediante depósito em dinheiro ou garantia, através de cartão de crédito.

Como ligar para o Brasil do hotel: siga as instruções no aparelho do seu quarto para obter a linha. Em seguida, disque: 011+55+ (código da cidade no Brasil, sem o Zero) + o número do telefone desejado.

– Ligações a cobrar para o Brasil: “Collect Call” em português:

1(800) 344-1055 (pode ser feito de qualquer telefone, sem moeda). Siga as instruções da telefonista da Embratel.

Principais códigos de área nos EUA: Orlando 407 – San Francisco – 415 – Washington (DC) 202 – Miami 305 – Chicago 312 – Los Angeles 213 – Boston 617 – New York 212 – Atlanta 404 etc.

Emergência: 911(bombeiro, ambulância e polícia)

– Auxílio à lista: 411 (atendimento em inglês)

– Acidentes rodoviários em Orlando: (407) 855-5382

– Rapto de menores: 1 (800) 843-5678


RETORNO AO BRASIL

Confirme a sua passagem aérea e assento 72 horas antes do seu vôo, com saída de Orlando ou Miami. Se isto não for feito com a antecedência exigida pela companhia aérea, há risco de perder a reserva do vôo ou só poder marcar o assento no momento do embarque. A confirmação pode ser feita através da sua agência de viagem em Orlando ou telefonando, diretamente para a companhia aérea que você está viajando.

Embarque e bagagem: verifique na sua passagem ou diretamente com a companhia aérea, o limite exato de peso e volume da bagagem permitida. Geralmente, são permitidos 2 volumes (malas, bolsas ou caixas) de no máximo 32 kg ou 70 lbs. Acima deste limite,

a companhia pode cobrar até US$ 75 por volume excedente. São permitidos até dois volumes de mão, de no máximo 5 kg cada, por passageiro.

Taxa de embarque: lembre-se que há uma taxa de embarque de aeroporto a ser paga no momento do embarque, em geral, não incluída na passagem. Em Orlando, esta taxa varia, aproximadamente, entre US$ 40 e US$ 50.

Alfândega: esteja atualizado com as leis alfandegárias brasileiras, permitidas para cada passageiro, para evitar pagar impostos sobre mercadorias importadas.

As informações apresentadas neste website do jornal Brasileiras & Brasileiros tem como finalidade apenas esclarecer informações básicas que possam auxiliar o turista brasileiro que viaja pela primeira vez a Orlando.

Em caso de dúvida ou emergência, ligar para as entidades correspondentes.

Boa Viagem!!!